Introdução

High-need foi o termo utilizado pelo pediatra norte americano William Sears cara explicar que existem bebês que têm uma alta necessidade da atenção dos pais e ele descreveu algumas características.

Características da Alta Necessidade

  • Intensidade: bebês que são fervorosos em tudo o que fazem, choram com muita intensidade, requerem atenção imediata, reagem com mais força, sugam com extrema força;

  • Hiperatividade: é visível uma maior e frequente tensão muscular, mãos sempre fechadas com força, como se estivessem prontos para entrar em ação.

  • Imprevisibilidade: um truque utilizado para acalmar em um dia pode não funcionar necessariamente no dia seguinte. Requerem uma mudança constante de técnicas para serem acalmados.

  • Hipersensibilidade: preferência pelo ambiente ao qual estão acostumados, reagindo a alterações à rotina, acalmando com dificuldade e despertando frequentemente e com o mínimo distúrbio. Demoram mais tempo para voltar a rotina do que os bebês de baixa necessidade (48-72h)

  • Insatisfação: o que exige dos pais um enorme esforço de experimentação de inúmeras técnicas e estímulos;

  • Personalidade exigente: exigem colo e alimentação chorando compulsivamente. No entanto, com o tempo e o conhecimento mútuo entre pais e bebê, esta característica poderá ficar mais atenuada;

  • Necessidade de alimentação constante: que se poderá prolongar até uma fase mais tardia. Contudo, a amamentação é igualmente uma fonte de conforto. A sucção exerce um efeito calmante e pacificador;

  • Extenuantes: com as suas exigências constantes, estes bebês provocam um cansaço extremo nos pais nos primeiros meses de vida.

  • De difícil separação dos pais: não aceitam facilmente que outra pessoa lhes preste os cuidados e costumam demorar bastante tempo a habituarem-se a novos cuidadores. Mas principalmente por assustarem outras pessoas com seu comportamento;

  • Necessidade de colo constante: que deriva de uma necessidade de contacto físico com os pais.

  • Incapacidade de se acalmarem sozinhos: precisam da ajuda e presença dos pais para aprender a relaxar e, eventualmente, adormecer. É importante lembrar que NÃO será chorando até cansar que o ele aprenderá a se acalmar e a relaxar.

Importante

Muito cuidado ao querer “taxar” seu filho como um bebê de alta necessidade porque ele chora muito, bebês choram mesmo, exigem colo sim, pois temos 3 meses de exterogestação. Cuidado também, com doenças como refluxo que levam a criança a uma agitação extrema.
As crianças de alta necessidade estão bem distante da curva da “normalidade”, embora sejam crianças saudáveis e que terão o mesmo desenvolvimento, só exigindo muito além dos pais! Seu bebê não é anormal, ele tem apenas um amor excesso pelos pais!
A palavra de ordem para a família por um bom tempo será: PACIÊNCIA e RESPIRA!

Deixe seu Comentário

comentários