Família

11
mar

Relação comprovada: comportamento entre mãe e filho

Introdução Não é de hoje que sabemos da intensa ligação que mães têm com seus bebês. Diversos estudos, principalmente na área da psicologia, falam sobre a díade, ou seja, sobre dois seres: mãe e filho, que são como se fossem apenas 1. Até que a criança cresce e seja capaz de dizer “eu sou”, ela se vê, ainda, ligada a

Read more

1
mar

O Choro que não quer Calar

Introdução Não foram poucas as vezes que enquanto estava na residência das famílias realizando meus atendimentos o bebê chorou e alguém (pai, mãe, avó, tia…) me olhou e disse: “E agora? O que eu faço?”. Sempre achei bonitinho ver o rosto de assustado deles, porque criança chora! E cabe a nós ajudá-los e interpretá-los já que bebê não fala. A

Read more

12
dez

Por que não olhamos para eles?

Como vocês bem sabem eu não sou educadora, não sou pedagoga, não sou muitas outras coisas, porém sou enfermeira neonatal e acompanho diretamente o desenvolvimento infantil, dessa forma esse é um cuidado especial que tenho e venho acompanhando especialistas e estudiosos nesse tema e em educação empática de maneira mais assídua. Há tempos atrás estava rolando no facebook um vídeo

Read more

26
nov

8 lições para aprender com as crianças

As crianças são nossos maiores mestres! Vamos aprender com elas? 1) Tire Sonecas Crianças se organizam no sono, desenvolvem o cérebro e assimilam aprendizado no sono. Uma única noite mal dormida do adulto tem efeitos, temporários, de pré-diabetes. Priorize o seu sono como um compromisso! 2) Movimente-se Crianças, como dizem, são ligadas no 220v! Estão o tempo todo se movimentado,

Read more

13
set

E a lancheira do seu filho? É saudável?

Introdução A vida materna e suas fases! Após os primeiros seis meses de vida do bebê chega o momento de a família apresentar o mundo de sabores e texturas ao pequeno, é a hora da introdução alimentar, logo eles começam a comer o mesmo cardápio da família e esperamos que nesse momento as opções à mesa continuem a ser saudáveis.

Read more

9
jul

Angústia da Separação

Introdução Os primeiros sinais da angústia da separação começam ao redor de 8 meses de idade, porém também é comum em crianças maiores de 3/4 anos. Qualquer situação que faça a criança experimentar um período de insegurança (começar a andar, falar, ir à escola…) terá como reflexo a angústia e ela se comportará temorosa, com medo e com choro. A

Read more

2
jul

Desenvolver-se é ser e não ter!

Desenvolvimento Infantil Vivemos hoje a era da pós-modernidade, um período em que tentamos retomar a essência que perdemos ao longo dos anos de modernidade industrial e capitalismo desenfreado. Conseguimos conquistar muitas melhorias na saúde, na qualidade de vida, na facilidade do dia a dia, porém perdemos muito quando o assunto é o cuidar, o olhar fraterno. Nos esquecemos que os

Read more

4
jun

Os estágios para tornarem-se pais

Introdução Existe em livro para as consultoras em amamentação, chamado Core Curriculum for Lactation Consultant Practice, que é conhecido como nossa “bíblia”. Nele os aspectos psico-sociais de todo o processo de maternidade e paternidade é abordado. Ao lê-lo fez muito sentido para mim e voou dividí-lo com vocês. Estágios da Parentalidade São 4 estágios: busca de informação, formal, informal e pessoal. No

Read more

30
abr

Bebês de Alta Necessidade

Introdução High-need foi o termo utilizado pelo pediatra norte americano William Sears cara explicar que existem bebês que têm uma alta necessidade da atenção dos pais e ele descreveu algumas características. Características da Alta Necessidade Intensidade: bebês que são fervorosos em tudo o que fazem, choram com muita intensidade, requerem atenção imediata, reagem com mais força, sugam com extrema força; Hiperatividade: é visível uma

Read more

24
abr

Por que meu filho só pode dormir de barriga para cima?

Introdução A recomendação mundial para a segurança dos bebês é que eles durmam sempre de barriga para cima, afim de evitar a morte súbita. Aquela morte inesperada, abrupta que ninguém jamais imaginou e que muita gente associa a problemas cardíacos, mas que na verdade no bebê está associado ao sufocamento. Morte Súbita/Sufocamento O pico de incidência acontece entre 2 e

Read more