Introdução

Temos que ter consciência de que o desmame em algum momento da vida vai acontecer! Então vamos falar um pouco sobre ele, um desmame gradual, ou seja, lentamente elaborado e planejado. Mesmo o desmame noturno ele começa pela organização do dia, não é simplesmente parar de dar o peito à noite.
Essa conversa serve para crianças à partir de 16 meses, ou seja, quando a livre demanda já não é mais realizada.

Início e Técnicas

Faça uma avaliação do seu dia, coloque no papel toda a rotina do seu filho (a), quando costuma mamar, comer, ir a escola…e já elimine aquilo que está bagunçado e sem rotina/ordem.
Agora eleja quais são as mamadas mais importantes, elas devem ser associadas a eventos da rotina da criança, por exemplo retorno da escola.
O terceiro passo é sentar com seu filho e fazer um planejamento JUNTO com ele. Lembre que as crianças são visuais e processam informações diferente de nós, então utilize objetos, livros coloridos e brinquedos.
O quarto passo é colocar tudo em prática, talvez ao longo do planejamento você precise lançar mão de duas técnicas: o adiamento, ou seja, eventualmente a criança pedirá para mamar e você precisará adiar dizendo de maneira firme e empática “filho, lembra que combinamos que agora não é hora de mamar? Agora é hora de tomar banho” ou qualquer outra coisa que vocês estejam fazendo ou tenham combinado.
A outra técnica é a substituição “filha agora não é hora de mamar e podemos brincar de ….(algo muito atrativo)”. Percebam que em momento algum eu substitui a mamada por outro alimento e de maneira nenhuma você deixou seu filho sem explicação ou sem estar perto dele.
A atenção, o colo, o carinho, o amor permanecem e ele sente isso, sente que NÃO faltará afeto e vínculo mesmo sem o peito.

Então vamos lá, mãos a obra e qualquer dificuldade nos procure para assessorá-la a atingir seus objetivos com responsabilidade e muito amor e carinho pro seu filho (a). Dia 23/3/2019 haverá no nosso Workshop de Desmame, clique na imagem e faça sua inscrição, vagas limitadas.

Deixe seu Comentário

comentários