https://youtu.be/3Xiq-y5sB1o

Introdução

É muito frequente a dúvida das famílias a respeito do sono do bebê e alimentação, deixo o bebê dormir ou acordo para mamar? E a resposta correta é: depende!

Recém-nascido

São os primeiros 28 dias de vida do bebê e que merecem um pouco mais de atenção e zelo, visto que acabam de nascer: bebê, mãe, pai, avós. Um mundo novo e cheio de medos, novidades e bilhões de dúvidas.
Nesse primeiro mês de vida merecem atenção aqueles bebês que nasceram com baixo peso (menor de 2,5 Kg) ou alto peso (acima de 3,7 Kg), bebês que tiveram qualquer intercorrência na maternidade (asfixia, prematuridade, hipoglicemia, icterícia…) e nascidos de mães diabéticas ou hipertensas.
Essas crianças têm mais risco do açúcar do sangue baixar rapidamente (hipoglicemia) dessa forma o intervalo entre as mamadas não deve passar de 4 horas. Passado o primeiro mês em que a amamentação já esteja estabelecida adequadamente, deixe o bebê realizar os horários dele!
Para os demais bebês que não se enquadram nos riscos acima eles mamam a hora que quiserem, isso é livre demanda, claro que devemos ficar atentos a intervalos curtos (menor que 1h30) entre mamadas e intervalos muito longos (acima de 5 horas em todas as mamadas).

Sono x Alimentação

Resumindo então, para bebês sem riscos eles fazem horários que variam de 1h30 a 2h30 entre as mamadas e consequentemente devem fazer sonecas de no mínimo 1h após mamarem (já vimos a importância do sono para os bebês em A importância do Sono), outro detalhe importantíssimo é não quebrar o ciclo de sono dos bebês, seja com troca de fraldas, arrotos, etc.. (Arrotar)
Outro lembrete sobre amamentar, ofereça sempre uma mama por horário, assim você garante produção adequada e mude de posição com frequência também para estimular toda a glândula mamária! (Ofereço uma mama ou as duas?)
Então bora amamentar? Se ainda têm dúvida procure uma consultora em amamentação ou adquira nosso curso online http://www.cursomaecoruja.com.br

 

Deixe seu Comentário

comentários