Suporte familiar

Foi para a UTI neonatal, e agora?

Algumas vezes o nascimento do bebê não ocorre como o planejado. Por motivos variados pode ser que ele precise de cuidados intensivos, ao invés de ir para o quarto com seus pais e familiares.

É nesse momento em que os pais começam a vivenciar uma mistura de sentimentos, a alegria pelo nascimento, o medo pela internação, as dúvidas e incertezas. Contudo, não se deve perder o foco: Seu filho!

As diferenças extra-útero

Dentro do útero ele estava seguro, guardado por sua mãe, ouvindo o tempo todo sua voz, seu coração, e agora? Agora ouve ruídos diversos, vozes estranhas, sentiu frio e presenciou muita luz! Ele, o seu filho, mais do que você está com medo, ele depende de você, daquele sentimento que ele sentia enquanto estava “guardadinho”.

Dessa forma, pais transmitam aos seus filhos segurança, força, carinho e fé! Eles sentem tudo que vocês transmitem, ou seja, insegurança, medo e choro e não vão ajudar! Coragem, sejam fortes por eles! Sim, eles são pequenos, porém não indefesos, pequenos sim, porém totalmente corajosos e guerreiros!

Amor incondicional

Converse com seu filho, repouse sua mão sobre ele; demonstre afeto!

É comprovadamente científico que pais otimistas, leves e incentivadores colaboram para a recuperação mais rápida dos filhos. Equipe de saúde, dê o suporte necessário para que tudo flua positivamente. Ouça de coração aberto!

Família e equipe de saúde unidos pelo bem comum: recuperação rápida e desenvolvimento infantil adequado!

Deixe seu Comentário

comentários