Pois é minha gente! Desculpa acabar com a alegria dos pais e dos avós, mas a verdade é que não há necessidade de ficar 10/20/30 minutos com o bebê de pé e batendo nas costas dele para arrotar.
Estamos falando aqui de bebês que só mamam no peito e não apresentam a doença do refluxo. Bebês que só mamam no seio fazem um vedamento completo e tão perfeito que não entra ar ao mamar, consequentemente eles não terão ou podem não ter ar no estômago para colocar pra fora.
Os bebês após soltarem o peito devem permanecer na posição em que estavam com a cabeça levemente mais elevada que o restante do corpo e pronto, ele vai arrotar e você nem vai perceber!
Para garantir as medidas de segurança, nós deixamos o local onde o bebê vai dormir elevado em 30º e ele sempre de barriga para cima. Retiramos tudo que possa prejudicar sua respiração, como protetores de berço e cobertas próximo do rosto.
Veja que eu não estou dizendo que a criança não arrota e também não estou dizendo que você não deve colocá-la de pé, só estou dizendo que, muitas vezes, não há necessidade de fazer isso; mesmo porque você acaba quebrando o ciclo de sono da criança ao fazer isso. (O sono do bebê e o sono do adulto)
Porém, há crianças que demonstram irritação ao ficarem deitadas logo após mamar e precisam ser elevadas e muitas acabam até soltando aquele arroto coca-cola, essas são as exceções, porém percebeu o incômodo, auxilie seu bebê!
O que você achou dessa dica? Recebo bastante feedback dizendo que ela ajudou a sair do looping sem fim de: mama- colocar pra arrotar-procurar peito-coloca para mamar-coloca para arrotar-procura peito….(é o chamado quebra do ciclo de sono sem fim)!
Espero que aproveitem! Beijos

Deixe seu Comentário

comentários